Sinopse

O escuro. Assim começa o espetáculo. Os barulhos começam a surgir, ganhando corpo e formando o caos, que pode acontecer em Natal, Nova York, Caicó ou Tóquio. O caos do mercado financeiro, da especulação, da internet, da velocidade. Do mercado cultural. O caos que nos cega e não nos permite enxergar, escutar, cheirar, tocar, sentir… Em meio ao caos, os barulhos dos iguais se atraem… Luz! E lá estão eles. Idealistas em busca de viver de felicidade, de poesia. Música, cores, sorrisos. Fugindo da amarga realidade do vazio, essa trupe sai pelo mundo para contar a história de dois amores, a doce e romântica paixão de Cláudio e Hero e a destrambelhada troca de farpas entre Benedito e Beatriz.

Uma história de conquistas, desilusões, amores e brigas, assim Muito Barulho acerta com delicadeza uma flecha de cupido nos corações de quem vive uma paixão, ou dos que estão à sua busca  O tempero especial é a música composta e tocada ao vivo pelos atores, em que Shakespeare cai no forró com os autores Populares do Rio Grande do Norte, como Cleudo Freire e Seu Izinho.

Ficha Técnica
  • Direção: Fernando Yamamoto e Eduardo Moreira
  • Direção Musical: Marco França
  • Dramaturgia: O grupo
  • Figurino e adereços: João Marcelino
  • Cenário: O grupo
  • Iluminação: Rogério Ferraz
  • Operação de luz: Ronaldo Costa
  • Contra-regragem: Janielson Silva
  • Produção: Rafael Telles
  • Elenco: Caio Padilha (Leonato e Vinagrão), Camille Carvalho (Margarete), Dudu Galvão (Claudio), Joel Monteiro (Mensageiro, Dom John e Dom Pedro), Marco França (Benedito e Corniso), Paula Queiroz (Borracho e Hero) e Renata Kaiser (Beatriz).
Galeria de Fotos