Clowns de Shakespeare chega a Minas Gerais para realizar a segunda fase da circulação “Caravana Prática e Pensamento” pelo Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz 2015.

Contemplado pelo Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz 2015, a Caravana Prática e Pensamento é um projeto de circulação dos Clowns de Shakespeare pelos estados do Espírito Santo (Vitória e Cachoeiro do Itapemirim) e Minas Gerais (Ubá, Ouro Preto, Barbacena), aliando apresentações de dois espetáculos da trilogia latino(-)americana dos Clowns – o infantil Abrazo, inspirado no Livro dos Abraços do uruguaio Eduardo Galeano, e o adulto Nuestra Senhora de las Nuvens, do argentino, Arístides Vargas.

Além das apresentações dos espetáculos os Clowns realizam, pela primeira vez fora de Natal o “Laboratório Clowns”, projeto pedagógico que o grupo vem desenvolvendo de forma intensificada nos últimos anos na capital potiguar e que só agora está tendo a opotunidade de ser realizado em duas cidades do sudeste brasileiro; Vitória (ES) e Ouro Preto (MG). Para essa circulação a atividade recebe o nome de “Laboratório Clowns”. Em Ouro Preto a atividade será realizada de 15 a 19 de agosto, das 13h às 22h e será gratuito.

Inscreva-se

Espetáculo  ‘NUESTRA SENHORA DE LAS NUVENS’

Com texto de Arístides Vargas do grupo Malayerba do Equador, e direção de Fernando Yamamoto, Nuestra Senhora de las Nuvens é uma obra que inaugura a trilogia latino(-)americana dos Clowns de Shakespeare. Há dois anos atrás, em meio aos atos que marcaram os cinquenta anos do golpe cívicomilitar que o Brasil sofreu em 1964, os Clowns resolveram se debruçar nessa obra que trata com extrema poesia, humor, mas também pujança, sobre um dos tantos aspectos violentos e tristes que esse período da nossa história viveu: o exílio. Na obra de Arístides – argentino exilado e depois radicado no Equador –, a memória, a imaginação, o esquecimento e a fantasia, são fantasmas que caminham de mãos dadas nessa difícil jornada do desterro, lançando flecha certeira na identidade dos que vão, dos que ficam, de toda a nação. “Quando pensamos em montar a obra de Arístides, entendíamos que o Brasil precisava cuidar com muito carinho da sua memória, como víamos em outros países latino-americanos, para que esse tipo de ameaça não voltasse a pairar sobre nossas cabeças. Nem imaginávamos que tão cedo estaríamos mergulhados nisso novamente” , fala Fernando Yamamoto, diretor do espetáculo. Aproximando o realismo fantástico-surrealista do político-épico, as histórias de Nuestra Senhora de las Nuvens são apresentadas por quatro atores, tendo por fio condutor os encontros entre Oscar e Bruna. A narrativa permeia o universo do exílio através do humor, violência, crítica e lirismo, expondo a estrutura do discurso político.

Ficha técnica

Direção: Fernando Yamamoto
Assistente de direção: Camille Carvalho
Dramaturgia: Arístides Vargas
Tradução: Fernando Yamamoto
Elenco: Dudu Galvão, Joel Monteiro, Paula Queiroz e Renata Kaiser
Figurinos e Adereços: João Ricardo Aguiar e Maria de Jesus
Cenografia: Fernando Yamamoto e João Ricardo Aguiar
Música:  Marco França e Rafael Telles
Direção de texto: Babaya Morais Iluminação Ronaldo Costa
Coordenação de Produção:  Rafael Telles
Secretaria: Myllena Silva
Realização: Clowns de Shakespeare.

Inscreva-se

Espetáculo  ‘ABRAZO’

O Abrazo é o único espetáculo infantil da Trilogia Latino(-)Americana dos Clowns e o segundo a ser criado. Nele, o diretor Marco França teve o desafio de montar um espetáculo sem fala escrita e que trouxesse para o universo da criança temas como ditadura, guerras e proibições. Livremente inspirado no “O Livro dos Abraços”, de Eduardo Galeano, e com roteiro dramatúrgico de César Ferrario e elenco, a peça nos convida a uma jornada através do olhar de um menino que vive em um país onde um regime opressivo impede todas as pessoas de se abraçarem ou demonstrarem qualquer afeto uns com os outros. Imagina só um mundo sem abraços? Assim, no minúsculo estado, território do tamanho do nosso quadrilátero cênico, a ordem é decretada. O General determina que “não pode atender o celular, não pode ingerir bebidas e alimentos, não pode levantar…” A lista de exceções se estende até os dois itens finais e mais importantes: “Não pode falar! Não pode abraçar!!” Com o espaço e suas regras bem delineados a “brincadeira” tem o seu início. Nela, personagens saídos da literatura de Eduardo Galeano, transfigurados ao sabor dos Clowns de Shakespeare, ganham a cena e deflagram as suas histórias. O Rapaz, a Florista, o Soldado, o Índio, a Avó, o próprio General e o Menino, que por ter o olhar ainda virgem no entendimento da realidade consegue mudar o fluxo da história aos caprichos da sua imaginação. Isso se dá até o instante onde a liberdade criativa esbarra nas forças estruturantes do próprio jogo, personificadas no General. No elenco os atores Camille Carvalho, Dudu Galvão e Paula Queiroz, se revezam entre os vários personagens da fábula.

Ficha técnica

Direção: Marco França
Elenco: Camille Carvalho, Dudu Galvão, Paula Queiroz
Argumento e roteiro dramatúrgico: César Ferrario
Dramaturgia: O Grupo
Música original, arranjos e direção musical: Marco França
Músicos convidados: Simone Mazzer, Roberto Taufic, Sammy Tarik, Zé Hilton, Júnior Primata, Vitor Queiroz
Desenho de som da cena Guerra dos Insetos: Fernando Suassuna
Preparação Corporal: Anádria Racine
Figurino: João Marcelino
Adereços de figurinos e cenário: João Marcelino, Anderson Galdino e Janielson Silva
Iluminação: Ronaldo Costa
Cenografia: O Grupo
Cenotécnicos: Janielson Silva e Anderson Galdino
Ilustrações: José Veríssimo
Animações: Paula Vanina
Filmagem: Carito Cavalcanti
Projeção Mapeada: Wilberto Amaral
Coordenação técnica de vídeo: Rafael Telles
Produção executiva: Rafael Telles
Supervisão Técnica: Ronaldo Costa
Secretaria: Myllena Silva
Realização: Clowns de Shakespeare.

Obs. A Trilogia Latino(-)Americana dos Clowns conta ainda com o espetáculo Dois Amores y Um Bicho, do venezuelano Gustavo Ott e direção de Renato Carrera.

Inscreva-se

‘LABORATÓRIO CLOWNS’

Tendo como inspiração o formato criado por importantes grupos latino-americanos, como Yuyachkani (Peru), Malayerba (Equador), Lume (Brasil), dentre outros, o Laboratório é um espaço de formação que ultrapassa a ideia de oficina – tanto pela duração maior, quanto pelo princípio de apresentar como os grupos trabalham sob uma ótica mais abrangente – o Laboratório Clowns é uma experiência que o grupo vem desenvolvendo no seu espaço em Natal, e que agora começa a ganhar estrada e virar nômade. Trata-se de um curso de duas semanas, com quatro a seis horas de trabalho diários (a definir, diante da realidade de cada cidade), no qual os Clowns irão apresentar os princípios de preparação, criação e gestão que envolvem o seu fazer teatral, tendo como eixo condutor a criação dramatúrgica, a encenação, o trabalho de ator e a produção.

CLOWNS DE SHAKESPEARE Um dos expoentes do teatro nordestino, o Grupo Clowns de Shakespeare atua há 22 anos em Natal (RN), onde desenvolve um trabalho de pesquisa teatral com foco na construção da presença cênica do ator, musicalidade da cena e do corpo, e no teatro popular, sempre numa perspectiva colaborativa.

Serviço

Ubá/MG Nuestra Senhora de Las Nuvens 10 e 11 de agosto às 19h
Local: Teatro do SESI Ubá
Ingressos: R$20 R$10 (meia entrada) e R$5,00 (moradores do bairro onde está localizado o teatro mediante comprovação)
Vendas antecipadas na Sol e Neve Sorvetes: (32) 3532-3295
Classificação indicativa: 16 anos
Duração: 1h e 35min

Ouro Preto/MG Nuestra Senhora de Las Nuvens 16 e 17 de agosto às 19h
Local: Teatro Ouro Preto – Centro de Artes e Convençoes da UFOP
Ingressos: R$20 R$10 (meia entrada) e R$5,00 (moradores do bairro onde está localizado o teatro mediante comprovação)
Classificação indicativa: 16 anos
Duração: 1h e 35min

Abrazo (infantil) 16 de agosto às 10h
Local: Teatro Ouro Preto – Centro de Artes e Convençoes da UFOP
Ingressos: R$20 R$10 (meia entrada) e R$5,00 (moradores do bairro onde está localizado o teatro mediante comprovação)
Classificação indicativa: Livre Duração: 55 minutos
Oficina ‘Laboratório Clowns’ 15 a 19 de agosto das 13h às 22h Local: UFOP
Inscrição eletrônica: www.clowns.com.br
Atividade gratuita.

Barbacena/MG Nuestra Senhora de Las Nuvens 20 e 21 de agosto às 19h
Local: Estação Ponto de Partida
Ingressos: R$20 R$10 (meia entrada) e R$5,00 (moradores do bairro onde está localizado o teatro mediante comprovação)
Classificação indicativa: 16 anos
Duração: 1h e 35min